Notícias 

Nota de Apoio – 28 de Abril

A Fenasera – Federação Nacional dos Trabalhadores nas Autarquias de Fiscalização do Exercício Profissional, entidade máxima de representação da categoria, adere à GREVE GERAL nesta sexta-feira, 28 de abril, e conclama seus sindicatos filiados e toda a classe trabalhadora a participar dos atos públicos contra a reforma da Previdência e as medidas que precarizam as relações de trabalho no país.A greve geral vai demonstrar a insatisfação dos brasileiros e brasileiras com as medidas do atual governo, que prejudicam o país e a sua população. Estaremos nas ruas contra a terceirização aprovada pela…

Leia mais
Notícias 

Abril Vermelho – O Brasil vai parar!

A Câmara dos Deputados decidiu acelerar a tramitação da Reforma Trabalhista (PL 6787/16) e quer aprová-la no dia 19 de abril. Trata-se de mais uma manobra autoritária disfarçada de processo legislativo democrático. A CUT reagiu prontamente na sexta-feira, 7/04. Em comunicado enviado aos dirigentes de suas estaduais, federações e confederações a direção da Central convocou os líderes sindicais de todo o Brasil a intensificarem o calendário de preparação da Greve Geral de 28 de abril, com a realização em 18/4 de um novo dia de protestos e mobilizações, principalmente para…

Leia mais
Notícias 

DIEESE comprova: Quanto mais fortes os sindicatos, maiores as conquistas

Em 2016, melhores acordos salariais vieram de negociações por categoria e não por empresa, comprovando que quanto mais unidos os trabalhadores estiverem, melhores os resultados das negociações. O desenrolar do golpe em 2016 afundou o Brasil na crise econômica e a classe trabalhadora sentiu na pele os resultados. Apenas 19% das negociações conquistaram aumento real de salário, equivalente ao pior índice já visto, em 2003, quando o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) iniciou a série histórica.De acordo com o balanço apresentado pelo departamento, 37% dos acordos ficaram…

Leia mais
Notícias 

Nota de Desagravo

A CUT Brasília lançou nesta terça-feira, 4/04,  uma Nota de Desagravo em defesa da integridade moral e dignidade profissional dos Ministros do Tribunal Superior do Trabalho, atacados publicamente pelo Ministro Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, durante um evento em São José dos Campos a convite do Lide (Grupo de Líderes Empresariais).Segue abaixo, nota na íntegra:Nota de DesagravoDesagravo ao Exmo. Sr. Ministro Gilmar MendesPresidente do Tribunal Superior EleitoralA Central Única dos Trabalhadores – CUT Brasília, desagrava todos os Ministros do Tribunal Superior do Trabalho (TST) em razão da ofensa…

Leia mais
Notícias 

Eles deram a sentença de morte aos direitos da classe trabalhadora

Os deputados que votaram pela aprovação do projeto 4.302, de 1998, que libera a terceirização geral, inclusive a atividade-fim (principal), das empresas, deram a sentença de morte aos direitos da classe trabalhadora, alcançados com muita luta ao longo da história, à CLT, à carteira de trabalho, às regras de proteção social e às relações de trabalho mais equilibradas e justas. Na sexta-feira, 31/03, em pleno Dia Nacional de Mobilização contra a retirada de direitos, o presidente Michel Temer enterrou de vez os direitos dos trabalhadores ao sancionar a lei aprovada…

Leia mais
Notícias 

Adiado novamente julgamento da ADI 2135

O Supremo Tribunal Federal (STF) encerrou a sessão desta quinta-feira, 30/03, sem julgar a ADI 2135 que trata da aplicabilidade do Regime Jurídico Único para os servidores dos Conselhos/Ordens. O julgamento da ação foi adiado mais uma vez sem data definida para entrar novamente na pauta do STF. Como sempre ocorre em todos os eventos envolvendo a questão do RJU, o presidente da Fenasera, José Walter Alves Junior, acompanhado dos diretores José Roberto Lins Cavalcanti, Douglas De Almeida Cunha, Paulo Rubens de Castro Brito, Antonio Geraldo Soares Garrido, Daniel Bilobran…

Leia mais
Notícias 

31 de março – Mobilização vai preparar o país para a greve geral em abril

Contra a retirada de direitos da classe trabalhadora, a CUT e demais centrais sindicais anunciaram um conjunto de ações para esta SEXTA-FEIRA, 31 DE MARÇO. O “Dia Nacional de Mobilização” servirá para organizar a classe trabalhadora para a greve geral, que deve ocorrer em abril. “Estaremos na rua contra a Reforma da Previdência, a Reforma Trabalhista e contra esse absurdo da aprovação da terceirização. Por tudo isso, todo a classe trabalhadora tem motivo para ir às ruas no dia 31 de março. Na semana que vem, as centrais irão se reunir…

Leia mais